RÁDIO 101 SMOOTH JAZZ - N.Y.

Mostrando postagens com marcador “APANHEI MUITO E NÃO MORRI". Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador “APANHEI MUITO E NÃO MORRI". Mostrar todas as postagens

“APANHEI MUITO E NÃO MORRI" - Ana Paula Santana Ferreira


Não morreu, mas enfrenta problemas no seu relacionamento com seus pais. Não consegue dizer "eu te amo" olhando nos olhos e essa frieza dói tanto que respinga na relação com seus filhos...

Não morreu, mas precisa curar sua infância na terapia e sente que seria mais amoroso(a) se tivesse recebido mais amor em vez de tapas.

Não morreu, mas se tornou uma pessoa violenta com seu companheiro(a) e com seus filhos...

Não morreu, mas naturaliza a violência e enxerga nela uma forma de educar.

Não morreu, mas pra esquecer se entrega a bebida, drogas ou precisa de antidepressivos. Não morreu, mas é inseguro(a) e confunde violência com afeto.

Todo mundo precisa de uma infância que não precise ser curada mais tarde.

Não basta não morrer.

Ninguém veio ao mundo pra ser sobrevivente. 

___------------------------------------------------------_

Considero esse texto extremamente verdadeiro e importante. Necessário e oportuno.

Edmir StClair

LIVROS DO AUTOR - Clique para comprar

LIVROS DO AUTOR - Clique para comprar
À VENDA NA: AMAZON - AMERICANAS - CULTURA - MERCADO LIVRE - ESTANTE VIRTUAL - SUBMARINO

MADHAI - Compras Interessantes, Preços também

MADHAI - Compras Interessantes, Preços também
Todos os produtos da loja MAGALU em até 12 X.

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS