RÁDIO 101 SMOOTH JAZZ - N.Y.

Mostrando postagens com marcador A ARTE DO TEMPO. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador A ARTE DO TEMPO. Mostrar todas as postagens

A ARTE DO TEMPO - Poesia

 


Sempre estivemos presos, sempre cada um em si

Faz parte da nossa história

Presos às imagens, rótulos, marcas da futilidade

Da vida baldia que foge de si

Da inutilidade que não faz sentido, do que não tem alma

Aconchego real são os outros, abraços trocados

São toques, são risos, são cheiros,

É o calor de janeiro bronzeado na pele

São muitas coisas ao mesmo tempo

Multiplicando o tempo em arte

Que é tudo que nos resta fazer

Porque o resto é o nada mais

O nada, a única coisa na qual nos transformaremos

É isso que o tempo nos joga de volta na cara

Nós mesmos, mal passados, atados, marcados

Como os dedos do tapa que nunca mais sai

Que entranha, esculpindo sulcos na dura face

Expondo a fina arte que só o tempo é capaz inventar.

  – Edmir Saint-Clair


LIVROS DO AUTOR - Clique para comprar

LIVROS DO AUTOR - Clique para comprar
À VENDA NA: AMAZON - AMERICANAS - CULTURA - MERCADO LIVRE - ESTANTE VIRTUAL - SUBMARINO

COMPARTILHE COM SEUS AMIGOS